Mark Twain foi um fumador inveterado de charutos. Só os fumava de má qualidade sem que isso afectasse o prazer que tirava do seu consumo. Os amigos, na tentativa de conseguir mudar-lhe o hábito ofereciam-lhe regularmente havanos que ele educadamente recusava. Nunca o conseguiram convencer. Começava a fumar quando saía da cama e só tirava o charuto da boca para dormir. Faz hoje um século que morreu com a provecta idade de setenta e quatro anos.

“Eating and sleeping are the only activities that should be allowed to interrupt a man’s enjoyment of his cigar.”— Mark Twain